FACULDADE ALAGOANA DE ADMINISTRAÇÃO E INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR DE ALAGOAS

Esqueci minha senha | Como acessar

Produção dos Alunos

Sociologia? o que é isso?

Há pessoas que se perguntam o que é sociologia? Para que serve? O que estuda? Há outras que afirmam que a sociologia não serve para nada, que os sociólogos se preocupam apenas com coisas banais e não será um “punhado” de pessoas metidas a especialistas que solucionarão os problemas do mundo. Até mesmo universitários dizem que não sabem para que existe uma matéria desse tipo, se não serve pra nada.

Eu tive a oportunidade de estudar sociologia com o professor e mestre Ricardo Maia; contudo, foi de suma importância apreciá-la. Já sentia uma certa admiração não apenas pela sociologia, mas por todas as ciências sociais, e agora posso garantir que esta matéria fará falta não a tendo nos próximos períodos. Na verdade, agora posso afirmar com veemência que graças à didática e ao dinamismo do professor e à sede de estimular e desenvolver o meu intelecto estou me tornando cada vez mais crítico e, sobretudo, já consigo observar fatos e atos com uma visão segundo a sociologia, pois qualquer profissional que tenha a sociologia ou outra matéria / ciência como uma ferramenta guardada no seu bolso, sem dúvidas poderá dar uma cartada final, dependendo de cada situação.

Recordo-me de um texto que li, escrito pela bacharela em ciência social e mestra em sociologia, Doraci Alves Lopes, “O Brasil e a sociedade de classe”, no qual tecia na sua introdução o seguinte comentário:

“Os estudantes, quando ingressam na universidade e entram em contato com disciplinas introdutórias das ciências sociais, sentem-se perdidos. Se os temas de estudos abordarem aspectos da sociedade brasileira, o problema é ainda maior. Em geral, estão motivados a conhecer a realidade em que vivem, mas a maioria desconfia do que vai encontrar pela frente, pois aprenderam desde cedo que as chamadas “matérias decorativas” só existe para serem decoradas mesmo, ou então para dar um “VERNIZ” no currículo acadêmico”. As ciências sociais como Psicologia, Antropologia, Sociologia, Economia, Administração e outras, estão sempre a serviço, estudando e analisando os grupos sociais, o indivíduo em si e seu relacionamento com o meio e a sociedade em geral. Entretanto, estas são tão distintas, mas ligadas umas com as outras; tão inteligíveis e, ao mesmo tempo, tão complexas; tão sucintas e ao mesmo tempo tão abrangentes. Negligenciar qualquer ciência social é também negar o ser humano: sua cultura, sua identidade, sua origem e a sua existência, é impossibilitar a evolução do conhecimento sobre o homem e o globo. É notório como muitas pessoas são especialistas em “achologia” – os estudos do EU ACHO QUE... ou “afirmologia” – este é o estudo de afirmações apenas empíricas, ambas sem nenhuma base teórica e científica. E o pior: acreditam que estão corretas. Talvez o tema deste artigo pudesse ser A HUMANIDADE E O INTELECTO RACIONAL, O QUE SÃO DEIXAR

Luciano Peixoto
Estudante do 2º período de Administração em Marketing pela Faculdade Alagoana de Administração - FAA